Serviços

Fraudes saiba como se defender

  • Contato por telefone ou e-mail

    Caso alguém entre em contato com você dizendo ser Do Banco ou da administradora do seu cartão, atenção. não forneça seus dados pessoais ou de seu cartão de crédito e débito.

    O emissor do seu cartão, poderá entrar em contato com você. - para fornecer um serviço agregado ao cartão, por exemplo -, mas ele deve se identificar como tal.

    Mesmo que o banco ou administradora de cartões, emissor do seu cartão, entre em contato com você, ele dificilmente pedirá o número do seu cartão, pois esse é um dado que ele já possui. O atendente pedirá outras informações, como por exemplo, a data de seu nascimento e o número de seu CPF. Esses dados servem para confirmar se a pessoa que atendeu a ligação é mesmo o titular do cartão.

    Assim, caso ofereçam alguma promoção a você mediante o fornecimento do número do seu cartão, procure se informar antes junto ao banco emissor do seu cartão sobre a existência de tal oferta.

    Outro ponto muito importante: nunca forneça a senha de seu cartão a ninguém - nem mesmo o emissor de seu cartão deverá ter acesso a sua senha.

  • No momento de utilização de seu cartão físico

    Procure sempre acompanhar o seu cartão no momento do pagamento, na hora em que o atendente do estabelecimento for passá-lo no terminal eletrônico.

    É mais comum que em postos de combustíveis ou em restaurantes o portador não acompanhe a transação, apenas assinando o comprovante de venda.

    Nesses ramos de atividade, alguns estabelecimentos já possuem terminais que podem ser levados até o carro ou até a mesa do restaurante.

  • Postos de venda de cartões

    Alguns bancos ou administradora de cartões montam postos de venda em locais públicos.
    Os interessados fornecem seus dados, que depois são submetidos à análise.
    Caso isso aconteça com você, lembre-se sempre de solicitar um telefone de contato, para saber futuramente sobre o andamento de sua solicitação.

  • Veja como as fraudes acontecem na Internet

    Segurança na Internet

    Alguns internautas têm sido vítimas do que chamamos "spoofing" - cópias idênticas de sites de instituições financeiras - e "fishing" - emails falsos através dos quais o destinatário é chamado a atualizar suas informações pessoais junto a uma instituição financeira, sendo levado ao site "spoofing".

    Veja como as fraudes acontecem

    As mensagens "fishing" (emails falsos) dão a impressão ao destinatário de que o remetente é o banco com o qual ele mantém relacionamento, seu provedor de internet ou o próprio banco - temos relatos inclusive de mensagens em inglês. O conteúdo dessas mensagens é basicamente o mesmo: informam que o cliente precisa validar ou atualizar seus dados pessoais junto à instituição financeira.

    No fim do texto, aparece um link que levará a uma página para o preenchimento dos dados. Essa página é o "spoof" (site falso) e geralmente possui questionários bastante elaborados, nos quais são solicitados o número do cartão, o número da conta bancária, a senha, o CPF e o RG do cliente, entre outros.

    É importante que você lembre-se sempre de que os bancos e operadoras de cartões nunca lhe enviarão um e-mail solicitando qualquer tipo de informação pessoal. Por isso, não responda esse tipo de mensagem.

  • Internet: Como posso me proteger?

    · Nunca forneça informações pessoais a ninguém por meio de e-mails;

    · Familiarize-se com os métodos de autenticação de clientes usados pelo seu banco e pelos sites que você visita regularmente;

    · Sempre suspeite de e-mails que lhe informem, com pouca antecipação, que sua conta será fechada ou que algum serviço será descontinuado caso você não confirme suas informações pessoais;

    · Nunca clique direto no link que veio no e-mail - acesse o site da instituição financeira pelo endereço que você está acostumado a usar sempre e procure contatar a central de atendimento a clientes do banco para confirmar a veracidade da solicitação;

    · Evite enviar por e-mail suas informações pessoais ou financeiras. Evite também digitar suas informações em um site que não possua o símbolo de cadeado na barra de status do seu navegador (browser). O cadeado indica que a informação fornecida viajará por meio de um canal seguro;

    · Se você receber uma oferta não solicitada ou uma mensagem cujo destinatário é desconhecido por e-mail, o chamado "spam", não acesse o link incluído no final do texto que traz a opção de ser excluído da lista, apenas apague a mensagem. Em muitos casos, a função "excluir" é usada para identificar contas de e-mail ativas;

    · Sempre verifique o extrato mensal da sua conta e a descrição da fatura do seu cartão de crédito quando os receber para ter certeza de que não aparecem despesas não-autorizadas ou incorretas;

    · Além de não responder eventuais e-mails que solicitam o número de seu cartão , contate imediatamente o banco emissor de seu cartão para que ele possa iniciar uma investigação e evitar que outros clientes sejam ludibriados.

Close
Close